Associado JCI
Joint Commission

Notícias

26/03/2018
Cora Residencial busca acreditação JCI para serviço de cuidados prolongados

A Cora Residencial Senior é a primeira organização de Cuidados Prolongados no Brasil a dar entrada no processo de acreditação pela Joint Commission International (JCI). O processo começou em 2017 com uma avaliação diagnóstica para verificar sua legibilidade para participar da Acreditação em Long Term Care. O resultado foi considerado positivo pela instituição, que decidiu desdobrar o Plano Estratégico de Melhorias para as oportunidades identificadas pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA).

“Nosso objetivo é desenvolver uma cultura de qualidade e segurança assistencial, aperfeiçoando continuamente os processos e os resultados dos cuidados prestados aos residentes. Também temos a preocupação de oferecer aos nossos colaboradores um ambiente de trabalho seguro e eficiente que contribua para a satisfação de todos”, descreve Ariane Polisaitis, gerente de Qualidade e Melhoria Contínua da empresa. Para ela, a acreditação JCI auxiliará para ‘quebra’ de um paradigma: “Instituição de longa permanência para idosos não é um asilo”, sublinha.

As mudanças nos processos da instituição já podem ser notadas. “Passamos a monitorar os indicadores assistenciais semanalmente e desdobrar em ações de melhorias as notificações dos eventos adversos; implantamos o protocolo de prevenção e controle de infecções em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI); revisitamos o processo de educação e qualificação dos profissionais; e, agora, fazemos divulgação interna de campanhas educacionais”, afirma Ariane. Além disso, houve a implantação das metas internacionais de segurança do paciente, a elaboração de processos específicos para cada meta (sempre respeitando que a ILPI é a casa do idoso), a padronização do prontuário do residente (priorizando os riscos assistenciais) e a revisão dos direitos e responsabilidades dos residentes.

Para implementar as mudanças, foi formado um time de facilitadores na metodologia JCI em cuidados prolongados. “Cada capítulo tem um líder e um grupo de facilitadores, que são responsáveis por revisar as políticas e processos, implementar as oportunidades de melhorias e realizar uma avaliação in loco com o time de qualidade”, explica gerente de Qualidade.

Benefícios

Segundo Ariane, são diversos os benefícios conquistados pelo processo de acreditação. “Podemos destacar, a padronização dos processos, o aumento da qualidade do serviço oferecido, o reconhecimento de todos os stakeholders envolvidos nos processos (residente, familiares, colaboradores e diretores) e a ampliação da credibilidade junto à comunidade e opinião pública, que são de grande importância”, afirma.

<< Voltar

Desenvolvimento Digital Net