Associado JCI
Joint Commission

Notícias

13/04/2017
No mês de aniversário, Hospital Santa Catarina celebra conquista da acreditação JCI

Fevereiro é um mês marcante para o Hospital Santa Catarina (SP). Além de completar 111 anos de fundação, a instituição celebra outra conquista: a acreditação da Joint Commission International (JCI). “O processo de preparação para a acreditação realizado pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação nos fortaleceu e nos direcionou para a aplicação de novas práticas de qualidade e segurança”, compreende Cristiane Oliveira Azzalin Navas, gerente de Qualidade e Segurança do Hospital Santa Catarina.

Os benefícios trazidos para o hospital são inúmeros, segundo ela, que destaca a implantação do processo de validação da prescrição médica pelos farmacêuticos e o trabalho de capacitação de profissionais em suporte avançado e básico de vida como bons exemplos de melhoria e investimento em qualidade e segurança.

Cristiane Navas é enfática ao falar sobre as vantagens dessa conquista: “a acreditação JCI nos dá a condição e o rigor necessários para a condução de uma instituição que preza por qualidade e segurança de seus pacientes, familiares e profissionais.”

Para alcançar esse patamar, foram montados grupos responsáveis pelo estudo e aprofundamento em relação à metodologia de acreditação internacional da JCI, que em conjunto com lideranças e outros profissionais desenvolveram projetos, processos, documentos, treinamento e comunicação, disseminados por meio de reuniões, palestras, treinamentos, simulações, entre outros. Tudo isso resultou em redesenho de diversos processos internos, como o de educação de pacientes e familiares, o de aplicação das metas internacionais de segurança do paciente e o processo de monitoramento de indicadores e incidentes, entre outros.

Também foram desenvolvidos procedimentos de segurança para uma série de processos assistenciais e administrativos. “Um exemplo importante foi à reformulação do documento de avaliação inicial de enfermagem que reúne a avaliação de uma série de informações e riscos os quais o paciente possa estar exposto, seja pela sua condição de saúde ou mesmo em relação aos procedimentos os quais o mesmo será submetido durante a internação”, ressalta a gerente de Qualidade e Segurança.

Cristiane Navas conta que os indicadores de qualidade e segurança foram definidos por uma equipe multidisciplinar, avaliados por profissionais qualificados e validados pelo Comitê Executivo de Qualidade e Segurança da instituição. “A formalização destes indicadores em sistema informatizado foi um fator importante de organização e padronização de métricas, dados e análises periódicas”, entende ela.

Navas vê ainda que a revisão de processos na instituição, alinhada ao planejamento estratégico, resultou em maior agilidade no atendimento aos pacientes, melhoria na triagem e conduta clínica, minimizando riscos, aumento da satisfação dos pacientes e familiares.

“Embora a acreditação tenha proporcionado um benefício precioso à instituição e aos profissionais, a direção tem por premissa dar continuidade as melhores práticas e o desenvolvimento de uma cultura de segurança cada vez mais fortalecida”, finaliza a gerente.

<< Voltar

Desenvolvimento Digital Net