Associado JCI
Joint Commission

Notícias

Publicada 8ª edição da Revista Acreditação em Saúde

Edição temática sobre segurança do paciente traz entrevista exclusiva com o novo vice-presidente de Acreditação, Padrões e Medidas da JCI falando sobre o que é preciso melhorar na saúde, no Brasil e no mundo

“Em sua 8ª edição, a revista Acreditação em Saúde, produzida pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA), enfoca em suas 44 páginas o tema segurança do paciente, mostrando ações de sucessos de instituições brasileiras acreditadas pela Joint Commission International (JCI), da qual o CBA é representante exclusivo no Brasil. A revista traz ainda uma entrevista exclusiva com o novo vice-presidente de Acreditação, Padrões e Medidas da Joint Commission International (JCI). Nela, Paul Chang revela o que a JCI tem feito para a melhoria da saúde, no mundo. Entre as ações apontadas por ele estão, o aplicativo eletrônico para monitoramento de higienização das mãos (disponível para instituições acreditadas), uma ferramenta interna de pesquisa online exclusiva para avaliadores e a revisão e ampliação dos manuais do Programa de Certificação do Cuidado Ambulatorial Clínico e de Padrões em Acreditação para Hospitais, que incluiu, em sua 5ª versão novos padrões nas áreas de cultura da segurança liderança baseada em evidências, gestão da cadeia de suprimentos, transcrição de comunicação, cuidado para transplantes, cuidado do paciente em estado crítico, bem como os requisitos para reanimação.

“O transplante de órgãos é um procedimento que salva vidas. Entretanto, existem múltiplos riscos associados ao transplante de órgãos e tecido como, a exposição à doença de doadores infectados e a contaminação bacteriana ou fúngica durante o transporte, o armazenamento ou a movimentação do órgão. A inclusão das normas para o transplante tem o objetivo de ajudar a garantir que os hospitais obtenham os recursos necessários para prestar serviços de transplante seguros”, enfatiza Chang.

Ele, que é médico e mestre em Saúde Pública pela Universidade Nacional de Cingapura, onde atuou em um hospital público com 800 leitos e no Ministério da Saúde antes de trabalhar na JCI, acredita que para melhorar a saúde é preciso combater os eventos sentinelas e adversos: “As organizações precisam conduzir uma análise cuidadosa desses eventos por meio da análise das causas-raiz, bem como focando na implementação de alterações ao nível do sistema, que abordem essas causas de forma significativa”. O vice-presidente de Acreditação, Padrões e Medidas da JCI sublinha que a mudança na qualidade passa pelo envolvimento do gestor com a segurança na prestação do serviço. “A experiência da JCI mostra que as mudanças na organização não são possíveis sem o compromisso tanto dos líderes quanto dos gestores, em todos os níveis. Nós temos visto numerosos exemplos em que a mudança que teve o apoio dos líderes e dos gestores resultou em melhorias significativas na qualidade e segurança do cuidado oferecido”, descreve.

Para Paul Chang, “líderes devem focar em construir ou melhorar os sistemas das organizações onde trabalham, em vez de rapidamente punir a equipe da ‘linha de frente’ quando as coisas não vão bem. Eventualmente, no cuidado em saúde, erros acontecem devido à forma como nós desenhamos ou construímos nossos sistemas. Apenas se os redesenharmos ou utilizarmos tecnologias para que nossos sistemas sejam à prova de erros, seremos capazes de reduzir as falhas substancialmente.”

Embora aponte a América do Sul como uma das regiões em crescente cuidado com a saúde saúde, Paul Chang avalia que as instituições de saúde brasileiras precisam melhorar em três aspectos: Gerenciamento das Instalações e Segurança, Qualificação e Educação de Profissionais e Gerenciamento e Uso de Medicamento.

Para ler a matéria na íntegra, acesse http://www.cbacred.org.br/publicacoes/revista-acreditacao-saude.

A 8ª edição da Revista Acreditação em Saúde traz ainda uma entrevista com o Coordenador de Educação e assessor de Relações Institucionais do CBA, Heleno Costa Júnior, sobre o novo produto disponível para instituições de saúde hospitalares e ambulatoriais, não acreditadas, que querem iniciar o processo de gestão da qualidade e segurança visando atender a RDC36, da Anvisa: o Fundamentals for Care.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
SB Comunicação, (21)3798-4357
Cristina Miguez, (21)98214-8996

<< Voltar

Desenvolvimento Digital Net